Ataija de Cima

Capela da Ataíja de Cima

A Capela foi construída pelo povo. Conta-se que quando começaram a carregar a pedra para a construção, pedra essa retirada dos olivais até próximo, houve uma pedra enorme que, depois de colocada na construção já iniciada, voltava no dia seguinte a aparecer no sítio de onde tinha sido tirada. Como ninguém conseguiu explicar o sucedido, retiraram parte dessa pedra com a qual esculpiram a imagem da Senhora da Graça, deixando o resto da pedra no olival, com a qual fizeram uma pia. Essa pia enchia-se com água da chuva que as pessoas bebiam e que nem de verão se esgotava. Foi este facto que deu origem ao nome de Senhora da Graça. Ainda hoje a dita pia se encontra no olival.
Esta capela foi remodelada em 2003.

Festa das Chouriças

A festas das chouriças tinha como tradição juntar muita gente com seus lanches nos quais se incluíam as chouriças que eram assadas no meio do pinhal. Atualmente esta festa efetua-se no Domingo Gordo (Domingo antes do Carnaval) e tem como tradição pegar as promessas feitas a Nossa Senhora da Graça ou das Candeias, ao longo do ano, pela curo de um animal ou mesmo por outro tipo de cura ou graça. As promessas são pagas com chouriças ou presuntos que depois são leiloados na festa juntamente com outras oferendas tais como pão, vinho, ou bolos.
Fazem-se fogueiras pela manhã, que se mantêm acesas durante todo o dia. Efetua-se também um grande arraial com quermesse onde se serve todo o tipo de comida e bebida, nomeadamente os pratos típicos da terra, tudo abrilhantado com música e terminando com a chegada de um grupo musical que anima o baile até de madrugada.

Festa de Santo António

Esta festa realiza-se no Sábado e Domingo mais próximo do dia 15 de Agosto. Nos dias anteriores trata-se da ornamentação do adro da ermida, das ruas e das entradas da terra, onde são colocados arcos de verdura com flores de papel e uma faixa de pano com a indicação da terra.
Nos dois dias funciona uma quermesse, (onde são sorteadas bonitas prendas através de rifas), o serviço de restaurante com petiscos da região, pão, bolos, bebidas caseiras e efetuam-se jogos tradicionais com prémios a sortear pelos três primeiros classificados que são entregues no Domingo. Durante as tardes há também música gravada e à noite efetuam-se bailes de entrada livre ao som de um grupo musical.
No Domingo logo de manhã há alvorada com repique de sinos e foguetes, e os festeiros organizam-se para efetuarem o peditório de porta em porta acompanhados pela Banda Filarmónica. Por volta das 14 horas iniciam-se as cerimónias religiosas com uma missa solene em que a homília é dedicada a Santo António. Durante a parte da tarde, além do já referido, há também a atuação de ranchos folclóricos e outros concertos de música.
Tal como nos bailes os concertos também são de entrada gratuita. A festa termina já noite dentro com uma salva de foguetes.

Festa da Senhora das Candeias ou Senhora da Graça

As festas da Senhora das Candeias ou Senhora da Graça realizam-se no dia 2 de Fevereiro, ou no fim-de-semana mais próximo. Antigamente nesse dia, saía uma procissão da capela da Ataíja que se dirigia até à Serra dos Candeeiros, subindo até a um sítio donde se dominavam os extensos olivais. Aí o sacerdote fazia a bênção dos olivais para que a flor fosse fecunda e a colheita abundante. Na volta, paravam ao pé da Lagoa da Ruiva fazendo a bênção das águas para que nunca faltassem. Era também tradição que nesse dia se fizessem fritos em azeite, e quem não tivesse que fritar fritava folhas de oliveira.
Durante esta festa realizam-se muitos jogos tradicionais tais como, a paulada ao frango, a quebra da bilha, o jogo da pesca e o tiro ao alvo. Durante o arraial atua uma banda de música.
As celebrações religiosas incluem também uma missa com comunhão.

Salão Cultural Ataijense

Grupo Desportivo e Recreativo Ataijense

Jardim de Infância + Escola Básica + ATL

Galeria de imagens

Partilhar: