Olheiros e Quinta de S. Paio

Capela de São João

À saída de Aljubarrota e um pouco antes de Olheiros numa estrada à esquerda existe uma ermida antiga, renascentista, que data de 1606. Nela se encontra uma imagem, também antiga e em tamanho grande, de S. João Baptista que segura na mão um livro e um cordeiro. Realiza-se neste local uma festa em honra de S. João.

Festa de são João

Esta festa, antigamente, era uma das mais concorridas vindo romeiros de fora de muitos pontos do país. Além da festa religiosa realizava-se também uma grande feira de animais e outros bens havendo também muitos divertimentos que eram diferentes dos atuais. Lançava-se muito fogo de artifício incluindo "fogo preso".

Atualmente esta festa decorre durante três a quatro dias e realiza-se no fim-de-semana seguinte ao dia 24 de Junho. A responsabilidade da festa cabe a uma comissão na qual se inclui um juiz e uma juíza que são nomeados no ano anterior.
As ruas são todas ornamentadas com ramos de verdura e flores de papel, e a ermida com flores naturais e muitas luzes.

No domingo há alvorada logo de manhã e faz-se o peditório e a recolha das fogaças e andores ao som da banda filarmónica e foguetes. Pelas 13 horas realizam-se as cerimónias religiosas com missa solene seguida de procissão que percorre várias ruas cujo pavimento é coberto com verdura e pétalas de flores, sendo colocadas colchas nas janelas e varandas. Na procissão vão andores de bolos e fogaças, indo o andor de S. João em grande destaque.

Durante todos os dias dos festejos há jogos tradicionais, grupos de música a tocar, teatro, leilões onde são vendidas as oferendas e serviço de restaurante onde se serve o que de melhor há em comida e bebida da região. Os dias terminam com bailes até de madrugada. No baile de segunda-feira são sorteados os prémios das rifas e é feita a entrega dos prémios dos vários jogos realizados até aí. Para terminar ouve-se uma grande salva de foguetes.

Cruzeiro de São João

Galeria de imagens

Partilhar: